29 de Julho de 2013

5 de Janeiro de 2012

Epílogo



Hoje, ponho um ponto final no Letras&Tretas. Para gáudio de alguns, sossego de outros e talvez saudades de uns quantos…. É tempo. Não me quero ver como uma velha presumida debitando opiniões a metro sobre assuntos de todo o género - tipo professor Marcelo. E também, porque num meio pequeno como é Vizela, por muitas voltas que demos, todas as histórias acabam inevitavelmente por girar à roda dos mesmos personagens. E de tanto lhes malhar, corre-se o risco de que, aos olhos da opinião pública, eles se transfigurem em vítimas, ou, pior ainda, em mártires. Não quero assumir essa responsabilidade - alguns não merecem tamanha indulgência. Até porque quero manter-me fora das questiúnculas políticas que por aí pululam.
E pronto… para ser perfeito como nos filmes até coloquei música de fundo.
Os créditos são todos meus.



Agora quero ler o resto!

3 de Janeiro de 2012

100

Por mais que se queira não se consegue fugir às efemérides. O Letras&Tretas publica hoje o centésimo post. De forma a assinalar o acontecimento, decidi prestar homenagem a duas grandes mulheres que (embora pelo estilo não pareça) me serviram de guia e de inspiração nesta aventura.
Aqui fica:

CATARINA EUFÉMIA

O primeiro tema da reflexão grega é a justiça
E eu penso nesse instante em que ficaste exposta
Estavas grávida porém não recuaste
Porque a tua lição é esta: fazer frente 
Pois não deste homem por ti
E não ficaste em casa a cozinhar intrigas
Segundo o antiquíssimo método oblíquo das mulheres
Nem usaste de manobra ou de calúnia
E não serviste apenas para chorar os mortos
Tinha chegado o tempo
Em que era preciso que alguém não recuasse
E a terra bebeu um sangue duas vezes puro
Porque eras a mulher e não somente a fêmea
Eras a inocência frontal que não recua
Antígona poisou a sua mão sobre o teu ombro no instante em que morreste
E a busca da justiça continua


Sophia de Mello Breyner Anderson



Agora quero ler o resto!

2 de Janeiro de 2012

Previsões para 2012 - A bola de cristal da Clarinha


Ano do dragão no calendário chinês
Planeta regente: Lua

Porque o céu estava nublado no momento do parto, como que anunciando a chuva de aumentos que aí vêem, e o satélite regente do ano não se conseguia avistar, eu devo avisar que as previsões que se seguem têm um índice de fiabilidade (IF) de cerca de 40%. Mesmo assim bem acima do IF das promessas eleitorais, que no caso da câmara se ficou pelos 25% e no do governo desce até aos 14.
Portanto não se assustem. Até porque o futuro depende muito da nossa vontade e da força de querer mudar as coisas. Salvo, é claro, as medidas da troika que são uma inevitabilidade como as secas, os furacões e os terramotos.
Perdoem a desordem com que apresento as profecias, mas a bola é redonda e eu não passo de uma aprendiza.

• O ano de 2012 trará maus augúrios para alguns presidentes de junta que verão as suas hipóteses de reeleição drasticamente reduzidas.

• Em Junho, um aparatoso acidente nas imediações do Fórum obrigará a tomar medidas que impedirão a circulação automóvel nessa zona. Toda a área ficará reservada para o trânsito de peões e de animais que aí poderão fazer à vontade as suas necessidades.

• O rio Vizela continuará poluído mas a praia fluvial abrirá oficialmente num dia radioso de Junho. O bar de apoio conhecerá um grande impulso, especialmente na venda de gelados, refrigerantes, e de sprays repelentes de insectos, aos banhistas.

• A Coligação continuará activa, quer através das célebres conferências de imprensa convocadas para criticar a gestão camarária, quer na página do facebook onde louvarão sem reservas mentais ou morais as políticas de empobrecimento do país decretadas pelo governo.

• Embora os astros não sejam categóricos, prevejo que ainda não será este ano que estará terminado o edifício da câmara.

• Em Abril, o FCVizela encontrará finalmente a estabilidade e uma solução directiva após 7 AG inconclusivas, depois da promessa de câmara liquidar de imediato as verbas em falta referentes a 2011 e de compensar o clube com um adiantamento sobre o valor do Contrato referente ao quinquénio 2012-2017, no valor de meio milhão.

• O Ecocentro ver-se-á obrigado a encerrar por falta de utilização. As pessoas habituadas a deixar os “monstros” à porta de casa ou a despejá-los nos montes não se darão ao trabalho de aí depositarem os trastes.

• Em Agosto, Dulce Felix dar-nos-á uma das poucas alegrias desportivas do ano, trazendo para casa a medalha de ouro da maratona olímpica. (Isto é mais um desejo, mas lá que era bonito…)

• Em Junho, uma ilustre figura vizelense será condecorada pelo PR. Não revelo o nome para não estragar a surpresa.

• Em Março, numa mega operação, a GNR procederá à apreensão de uma quantidade de droga nas imediações da CGD e à detenção de 8 indivíduos, todos reincidentes neste tipo de delito. Em consequência disto, e em jeito de recompensa, a rotunda existente no local será baptizada com o nome do comandante do posto.

• Durante o ano encerrarão 7 confecções, 3 supermercados, 5 cafés e 13 lojas de pronto-a-vestir, lançando no desemprego mais algumas centenas de pessoas. Em compensação abrirão 23 lojas de chineses que não darão trabalho a ninguém.

• Há ainda a possibilidade de ocorrer uma grande catástrofe. Tanto pode ser a erupção do vulcão que dizem existir no S. Bento como o desmoronamento do edifício do castelo ou o cancelamento, por falta de camas, da European Cup de Minigolfe.

• Como não me atrevi a perscrutar para além 21 de Dezembro com medo que a profecia Maia bata certo e o mundo acabe de vez, fiquei sem saber se no Natal ainda haverá comércio em Vizela, se os irmãos Peixoto andarão na rua animando o pessoal à marretada nos bombos, ou se as iluminações serão mais exuberantes. ...Ou mesmo se haverá Natal.

• E as Termas, perguntam vocês, reabrirão? Isso também eu queria saber mas trata-se de um processo tão nebuloso que nem os astros conseguem penetrar.

E pronto… isto é só a brincar. Mas, com toda a certeza, iremos ter óptimos dias de sol, e todas as semanas haverá felizes contemplados com prémios no euromilhões, totoloto e raspadinhas. Portanto não desesperem, habilitem-se … e aproveitem o sol enquanto o gasparinho não se lembra de taxar a quantidade de raios ultravioletas, infravermelhos, neutrinos e afins que nos atingem todos os dias. 

Agora quero ler o resto!

31 de Dezembro de 2011

Missa de Réquiem nas celebrações do 73.º aniversário do FCVizela


“Considerando que após a venda da sede nem sítio temos para hastear a bandeira, considerando o estado actual do clube, que não dá nem para fazer cantar um cego, considerando que estamos farto das promessas de apoio que não resultam em nada, os membros da CA do FCV convidam todos os associados, simpatizantes e público em geral a associarem-se à celebração de missa de réquiem pelo clube que terá lugar no próximo dia 1 de Janeiro, pelas 18:30 horas na Igreja de S. Miguel.
Esta será a forma mais apropriada, entendemos nós, para dar início às celebrações do 73.º aniversário do Clube”.
Foi com este breve comunicado lido aos microfones de uma estação de rádio, que o dr. Eduardo Guimarães anunciou a passagem de mais um aniversário do clube. E simultaneamente o desencanto que o leva a pensar  bater com a porta.

Mas o ainda o líder da CA acrescentou que nesse dia, ou noutro a combinar, se manterá a tradicional romagem aos cemitérios para prestar homenagem aos sócios falecidos. 

Até porque, como as portas deste mundo teimam em fecharem-se-lhe na cara, talvez não lhe reste outra alternativa senão procurar no Além a solução para o impasse a que o clube chegou. 
Porque enquanto espera e desespera que a Câmara liberte as verbas em falta, o presidente vê os cofres esvaziarem-se mas em compensação vê a caixa postal encher-se com sms e ameaças dos credores que o fazem perder a compostura e a habitual paciência.

Entretanto, e enquanto não se descobre uma solução, os funcionários, aflitos, não sabem se devem juntar-se aos das Termas nas manifestações ou aguardar pacientemente a chegada de mais um D. Sebastião. E alguns vão procurando saídas. Um deles, sei-o de fonte certa, já solicitou a transferência para a casa dos dragões de Vizela. Mas, pelo que consegui apurar, a acontecer, esta mudança não será tão pacífica como a da equipa de atletismo, porque a sede dos dragões não possui de momento qualquer gabinete livre onde o cobrador se possa instalar e aí treinar para as próximas olimpíadas de dominó. 

Acrescente-se que também a RV se associa à efeméride, da qual promete fazer a cobertura integral e directa. Para além disso, tem programado para o sábado seguinte um Especial Informação super-especial onde se procederá à autópsia do defunto. Ou seja, um painel de comentadores encartados analisará as causas e os motivos que levaram a tão funesto desenlace… para chegar às conclusões que são de todos conhecidas.
Agora, digo eu, convém que os últimos presidentes (e restantes dirigentes) esqueçam por uma vez as divergências, dêem as mãos, e compareçam em peso na missa para entoarem em coro o “requiem aeternam dona eis”.

P.S. - Este texto foi escrito antes da AG em que se discutiu o futuro directivo do “vizelinha”. Espero que se tenha encontrado uma solução. Para bem de todos. Em especial dos repórteres desportivos locais que de outro modo andarão como baratas tontas sem saber como ocupar o tempo aos fins-de-semana. Além de perderem os passeios à Madeira a que já estavam acostumados. 

Agora quero ler o resto!